As 10 músicas mais marginais do Rock’n’Roll

Top 10 Mais marginais do rock.

 

Foto: Bruno Zulian

A postura e ideologia passada pelos artistas em certas músicas, consagra a simbiose entre a contestação dos padrões impostos pela sociedade e a sonoridade áspera de seus instrumentos e resulta na criação de um universo próprio e muitas vezes excluído do mainstream.

O rock em sua essência sempre foi contraditório e irreverente. Porém algumas composições se tornaram marcos na consagração dessa personalidade marginal atribuída a este ritmo.

 

1. Garotos da Rua – Eu toco rock

Sem dúvidas uma letra realmente marginal! Uma bela sacada destes gênios do rock gaúcho e uma homenagem a um dos grandes inspiradores do projeto Curto Circuito: Bebeco Garcia.

 

2. Raul Seixas – Canceriano sem lar

Café da manhã é um pretinho e um cigarro, o cara tá numa clínica, não tem casa, quer mais marginal?

 

3. Bob Dylan – Subterranean Homesick Blues

Críticas ao governo e a sociedade, “cozinhando” drogas no porão, fuga da cadeia. Sem mais comentários.

 

4. Dead Kennedys – Pull my strings

Um tapa na cara da mídia de massa! Uma ironia de um pinta fudido, mal pago e falido que quer virar um produto da indústria cultural.

 

5. The Clash – I fought the law

A marginalidade não é feita só de glórias, como podemos ver nesse relato feito pelo The Clash!

 

6. Intoxicados – Departamento deshabitado

Sem água! Sem gás! Sem luz! Não pagou as contas: está em desacordo com o sistema, logo, é marginal.

 

7. Sublime – April, 29, 1992

Motim nas ruas, quebrando vitrines! Roubando PA’s e cachaça das lojas…

 

8. Garotos Podres – Vou fazer cocô

Cagando durante o discurso político…prova de um desajuste social.

 

9. Celso Blues Boy & Cazuza- Marginal

Cazuza, grande personalidade, conduzido pelas cordas do mestre Celso! Sem mais.

 

10.Sangue Sujo – Não gosto!

Marginal é aquele cara meio isolado, meio ermitão e anti-social. Wander como sempre dando a lição máxima na marginalidade.

 

E aí? Concorda com a lista? Faltou alguma coisa? Sobrou? Dê o seu pitaco! Quem sabe não rolem outras compilações…

Participe da discussão

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *